Legacy of Kain no Windows 10

Se você é daqueles que vive pensando em jogar novamente os jogos da série Legacy of Kain, mas tem dúvidas se vai rodar no Windows 10, eu tenho boas notícias para você!

Há algumas semanas EU voltei a jogar a série para as transmissões pela Mixer no canal da Comunidade Gamer Feminina da qual eu faço parte. Comecei com Soul Reaver e agora estou jogando Soul Reaver 2. Para nossa alegria, todos os jogos, exceto o primeiro Blood Omen estão disponíveis na Steam e no site GOG.com por preços bem acessíveis; portanto é um meio excelente de obter de modo legal os jogos originais e ainda tê-los com algum tipo de suporte e ter acesso a comunidades (foruns, etc).

Soul Reaver no Windows 10

Soul Reaver não precisou de grandes esquemas para rodar no Windows 10 e não apresentou nenhum grande problema técnico, exceto no som. Eu resolvia saindo do jogo e voltando para ele.

Igualmente para rodar no Windows 7, em seu atalho (no desktop), você precisa apenas na aba de compatibilidade.

Solução

1) Sobre o atalho do jogo no desktop clique com o botão direito
2) Escolha Propriedades
3) Na aba Compatibilidade clique em Executar este programa em modo de compatibilidade
4) No menu dropdown escolha Windows XP Service Pack 3
5) OK

Soul Reaver 2 no Windows 10

Já Soul Reaver 2 foi BEM diferente. É histórico o problema com o vídeo e som já na cinemática inicial. Para isso, a solução é alterar um número no registro; então logo que instalei o jogo, já fiz essa correção (vou colocar as instruções abaixo). Mas logo que iniciei o jogo (depois da segunda cinemática) percebi que havia algo errado com alguns comandos. Os ataques estavam acelerados (exagerados) ou o botão de devorar almas não funcionava. Eu estava jogando a versão da Steam e achei por um momento que fosse a versão então comprei a do GOG.com e o jogo estava igual.

Fui jogando mesmo com esses problemas e senti que algo estava errado quando precisei me transportar para o plano espectral ali nos Pilares de Nosgoth após o primeiro encontro com Kain, para poder alcançar um caminho oculto. A transição entre planos físico e espectral foi muito lenta (mas aconteceu). Bem, segui o caminho até uma espiral de energia para poder voltar ao plano material e foi aí que deu errado. Não funcionou. Simplesmente ao escolher a opção no menu, nada aconteceu e a partir de então, não foi mais possível usar o menu. Tentei mais uma vez a partir do último save point, mas os problemas persistiram.

Procurando por estes problemas na internet percebi que são corriqueiros e muitas pessoas se queixam deles nas áreas reservadas à discussões tanto na Steam quanto na GOG. Procurei por soluções e muitas pessoas indicaram programas como VoodooFX ou DxWnd, mas em diversos posts a respeito, na realidade ninguém de fato ensinava como na real configurar estes programas o que tornava a utilização deles complicada e acabava no fim dando errado.

Quase que desistindo, encontrei um vídeo — o único — no Youtube, em Polonês com uma solução ridiculamente simples. Fiquei impressionada de como NINGUÉM falou disso antes. De qualquer modo, OBRIGADA NIDRAX (THANK YOU NIDRAX)

Segundo o canal Nidrax Gaming, depois de tentar estes programas e sem sucesso. Nidrax inicia seu vídeo demonstrando os erros, os mesmos que descrevi acima; exatamente os mesmos. Aparentemente ele tentou usar uma máquina virtual com Windows 7, isso foi sacal. Então ele entrou no site Reshade.me procurando melhorias gráficas para jogos antigos. Na época em que o vídeo foi gravado (2017) havia no menu da home neste site um link para download de uma DLL chamada d3d8to9. Hoje o link não está mais lá, mas foi fácil encontrá-lo numa pesquisa de segundos pelo google.

Basicamente esta dll permite que o DirectX9 interprete as instruções e codificações do DirectX8. A grosso modo, jogos mais antigos precisam de processamento mais lento, por incrível que pareça.

Veja abaixo o passo a passo para solucionar os problemas que te afetam:

Solucionando os problemas da primeira cinemática:

1) No campo de Pesquisa ao lado do ícone do menu Iniciar digite REGEDIT
2) Nas opções escolha Editor do Registro
3) Escolha HKEY_CURRENT_USER
4) Escolha Software
5) Escolha Crystal Dynamics
6) Escolha Soul Reaver 2 e então 1.00000
7) Clique no arquivo chamado disablevshader
8) Mude o valor de 0 para 1

Solucionando os problemas de jogabilidade e alternância entre planos espectral e físico:

1) Faça download da DLL do meu Onedrive
2) Copie o arquivo de sua pasta de downloads
3) Cole o arquivo dentro da pasta raiz do jogo.

Basta fazer o download dele e jogar dentro da mesma pasta do Soul Reaver 2. APENAS ISTO. TALVEZ esta mesma ação possa te ajudar em outros jogos antigos, mas eu não testei, ok?

Ainda tem dúvidas? Deixe nos comentários.

A volta de Amy Hennig em nova empreitada da Skydance Media

Amy Hennig, diretora, escritora, produtora e designer-chefe da franquia Legacy of Kain anunciou ontem em sua conta no Twitter sua nova empreitada. Hennig está montando um novo estúdio de jogos, uma nova divisão da Skydance Media, localizada em São Francisco. O estúdio de Hollywood é responsável por filmes como Missão: Impossível – Efeito Fallout e O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, e agora investirá numa divisão dedicada a criar jogos focados na narrativa.

Para o novo estúdio, Amy montará uma equipe completa e contará com Julian Beak, produtor executivo com quem já dividiu alguns projetos.

O objetivo é criar “novas experiências focadas na narrativa que empreguem gráficos da mais alta qualidade e providenciem a fidelidade visual da televisão e filmes, mas com uma experiência ativa e apelativa que coloque a audiência no controle”.

A Skydance diz que estas serão séries interativas, direcionadas para games e não-gamers, em diversas plataformas de streaming. Seria algo similar ao inovador Black Mirror: Bandersnatch da Netflix?

“O nosso objetivo é criar experiências inovadoras e convidativas com altos valores de produção e fidelidade visual que estabelecerá o padrão nesta nova paisagem media,” diz Hennig que, de acordo com o seu perfil no Twitter, é agora a presidente da nova divisão de media, a Skydance Media.

Embora a Skydance Media seja um estúdio focado em filmes, já está envolvida com alguns jogos e está trabalhando em The Walking Dead: Saints & Sinners.

Confira abaixo na íntegra o Press Release divulgado pela Skydance Media ontem, dia 18 de novembro:

A Skydance Media contratou a premiada diretora criativa Amy Hennig (Uncharted) e seu parceiro produtor executivo Julian Beak para formar uma nova divisão para moldar o futuro da mídia interativa. Projetadas para alcançar jogadores e não jogadores em plataformas de streaming emergentes, novas experiências focadas na história — criadas como uma série interativa — empregarão gráficos de ponta para fornecer a fidelidade visual da televisão e do cinema, mas com experiência ativa e enxuta que coloca o público no banco do motorista. Hennig e Beak estabelecerão e formarão uma equipe com base na área da baía de São Francisco e manterão escritórios na sede da Skydance Media em Santa Monica.

Veterana da indústria de jogos com mais de 30 anos de experiência, Hennig foi recentemente homenageada com o Lifetime Achievement Award no Game Developers Choice Awards de 2019 e foi agraciada com o BAFTA Special Award de 2016 em reconhecimento à sua excelente contribuição para a indústria de videogames.

“O cenário da mídia interativa está mudando continuamente e Amy e Julian são líderes criativos e visionários dessa evolução”, disse David Ellison, CEO da Skydance Media. “Juntos, criaremos nessa nova esfera o mesmo tipo de experiência de entretenimento no nível do evento pela qual a Skydance é conhecida em recursos e televisão”.

“Julian e eu estamos entusiasmados por fazer parte da equipe criativa da Skydance e empolgados em fazer parceria com a Skydance para explorar essa nova fronteira em entretenimento, enquanto somos pioneiros em novas maneiras de contar histórias imersivas por meio da tecnologia”, disse Hennig. “Nosso objetivo é criar experiências convidativas e inovadoras com os altos valores de produção e fidelidade visual que definirão o padrão nesse novo cenário de mídia”.

Ao longo de sua carreira na indústria do entretenimento interativo, Amy Hennig trabalhou como artista, animadora, designer de jogos e, principalmente nas últimas duas décadas, como aclamada escritora e diretora. Mais recentemente, Hennig atuou como diretora criativa sênior da Electronic Arts, onde supervisionou o desenvolvimento do título Star Wars da Visceral Games. Isso ocorreu uma década na Naughty Dog como diretora criativa e redatora-chefe da premiada série de jogos Uncharted da Sony Computer Entertainment. Antes de ingressar na Naughty Dog, ela atuou como escritora e diretora da inovadora série Soul Reaver / Legacy of Kain ao longo de oito anos na Crystal Dynamics. Ela começou sua carreira na Electronic Arts, onde contribuiu para títulos de 16 bits, incluindo Desert Strike e Michael Jordan: Chaos in the Windy City. Ela foi chamada de uma das mulheres mais influentes da indústria de jogos. Seu trabalho na série Uncharted ganhou inúmeros prêmios da indústria, incluindo um BAFTA for Story e dois prêmios consecutivos WGA Videogame Writing Awards. Hennig é bacharel em Direito com honras da Universidade da Califórnia, Berkeley, e freqüentou a Escola de Cinema da Universidade Estadual de São Francisco.

Julian Beak é um veterano de 30 anos da indústria de entretenimento interativo. Mais recentemente, ele trabalhou na produção da Electronics Arts em grandes franquias, incluindo Battlefield, Need for Speed ​​e Star Wars. Antes disso, ele trabalhou na United Front Games, Radical Entertainment e Disney Interactive em muitas propriedades, incluindo LittleBigPlanet, Scarface, Investigação da Cena do Crime, Winnie the Pooh, Mickey Mouse, O Rei Leão e Toy Story. Ele trabalhou como artista, designer, engenheiro de software, produtor e executivo em mais de 30 produções.

Sobre a Skydance Media

A Skydance é a empresa de mídia diversificada fundada por David Ellison em 2010 para criar entretenimento de alta qualidade em nível de evento para o público global. A Companhia traz histórias de vida com mundos imersivos em suas divisões de longa-metragem, televisão, interativa e de animação. Os filmes mais recentes incluem Missão: Impossível – Precipitação, Aniquilação, Gemini Man e Terminator: Dark Fate. Os próximos filmes de Skydance incluem 6 Underground, Top Gun: Maverick, The Old Guard, The Tomorrow War e as próximas sétima e oitava parcelas da série de filmes Missão: Impossível. A Skydance Television foi lançada em 2013 e sua lista atual inclui três séries nomeadas ao Emmy, Grace and Frankie e Altered Carbon na Netflix e Jack Ryan de Tom Clancy na Amazon; além de Condor na AT&T Audience Network e Foundation na Apple TV. A Skydance Interactive foi lançada em 2016 para criar e publicar videogames de realidade virtual originais e baseados em IP; sua biblioteca inclui o jogo de tiro mecânico Archangel: Hellfire e o próximo título The Walking Dead: Saints and Sinners. Em 2017, a Skydance formou uma divisão de animação para desenvolver e produzir uma série de longas-metragens e séries de televisão. O primeiro filme previsto é Luck.

Amy Hennig na BGS2020? Quem sabe!?

Aconteceu agora em Outubro mais uma Brasil Game Show, onde dentre diversas atrações, a ausência de uma figura feminina de peso, me fez questionar E SE viesse Amy Hennig? Ela sim seria uma atração digna de holofotes.

Então eu, tomei a liberdade de escrever ao Marcelo Tavares, fundador da BGS, e sugerir a ele trazer Amy ao Brasil no ano que vem.

Semanas depois da mensagem enviada coincidência ou não começou a chegar para quem foi à BGS 2019 uma Pesquisa de Satisfação da Brasil Game Show 2019 voltada para os visitantes.

Para minha surpresa, a pergunta de número 37 era:

 Qual produtor (profissional envolvido no desenvolvimento de games) você gostaria de ver na BGS 2020? (marque quantas respostas desejar) e estava dentre as inúmeras opções, nada mais, nada menos que AMY HENNIG.

amyformulario

Vocês iriam à BGS para encontrá-la? Querem votar na atração? 
Vale lembrar que é uma pesquisa importante para o evento no geral. Se quiserem responder à pergunta 37, todas as anteriores precisam fazer sentido, resumindo, não zoem o barraco hahaha. Responda aqui à Pesquisa de Satisfação da BGS2019.

A Comunidade Gamer Feminina iniciou hoje uma campanha para convencer os diretores da BGS a trazerem Hennig para o Brasil ano que vem. Bora subir a hashtag #AmyHennigBGS2020

Remaster da BluePoint a caminho? Pode ser mais um rumor; ou não.

soulreaver_20181123

Hoje depois de algum tempo sem notícias resolvi fuçar no reddit em busca de alguma novidade relevante algo me chamou a atenção. O usuário yu/InteractiveArtistry publicou uma prévia a respeito de um podcast que ainda será publicado no dia 30. O teaser levanta algumas questões como: Estaria BluePoint Games trabalhando em um Reboot de Legacy of Kain? Revelação na E3 2019? Cross-Geração (em tradução livre). Este podcast ainda é o episódio 1 e aparentemente são notícias, análises, teorias, entrevistas, estórias, lore e rumores. Vamos ver. Eu vou ficar de olho e prometo trazer novidades.

Embora ele tenha citado o termo reboot, a BluePoint é conhecida pelos seus remasters. Formada em 2006 é famosa pelas versões remasterizadas de Shadow of the Colossus, Uncharted – The Nathan Drake Collection e God of War Collection. Obviamente é um rumor vaguíssimo, sequer existe ainda tal podcast. Não se sabe o que ele dirá sobre o futuro da série Legacy of Kain.

shadowofthecolossus

Eu joguei o Remaster de Shadow of the Colossus e confesso que o trabalho ficou maravilhoso. Se o rumor for real, eu particularmente receberei positivamente a noticia. E você?

Fala Que a Square Te Escuta

A Square Enix lançou um formulário de pesquisa para mensurar o gosto de seus fãs e a partir de resultados definir seu futuro.

Legacy of Kain aparece dentre as perguntas. Uma delas é qual das franquias da Square Enix é a sua favorita? Se você escolher Legacy of Kain o formulário te pergunta para explicar porque e que você fale mais sobre a série.

É a NOSSA CHANCE de mostrar à Square que os fãs de LOK existem e estão vivos. Se formos um número grande, isso pode significar muito!

O formulário possui mais de 40 perguntas (cerca de 20 minutos para preencher) e deve ser enviado até o dia 8 de julho.

Vale lembrar que ele é todo em INGLÊS e é preciso em algumas questões, escrever as respostas. 

Além disso, 14 pessoas as pessoas que responderem todo o questionário serão premiadas:

Um (01) vencedor receberá US$ 500.00 (quase R$ 2.000) de créditos na loja norte-americana da Square Enix. Três (03) vencedores receberão US$ 300.00 (quase R$ 1.200) de créditos na loja norte-americana da Square Enix. Dez (10) vencedores receberão US$ 100.00 (quase R$ 400) de créditos na loja norte-americana da Square Enix

Reserve 20 minutos de sua vida em prol do jogo, e de finalmente uma fonte OFICIAL que QUER SABER/OUVIR da gente!

Responda o questionário aqui:
www.surveymonkey.com/r/SQUARECRO

Sketches de Blood Omen

Não há nada de novo no reino de Nosgoth e nenhum novo rumor surgiu. A última postagem da Crystal Dynamics a respeito de LoK, seja no Facebook ou Twitter, foi no dia 11 de janeiro e trouxe dois esboços do primeiro Blood Omen. Com a hashtag de #ThrowbackThursday que tem a finalidade a relembrar algo passado, eles postaram a seguinte legenda para as imagens: #ThrowbackThursday Nestes primeiros esboços de conceito, podemos dar uma boa olhada no que Legacy of Kain: Blood Omen se tornaria.


LOK nas Comemorações da #CrystalD25

No finalzinho de setembro a pagina oficial da Crystal Dynamics no Facebook tem dado alguns pequenos sinais de que “aparentemente” não esqueceu de Legacy of Kain. Tudo começou com uma postagem sobre o Showcase mensal da Crystal Dynamics onde eles expõem trabalhos criados por fãs num local de alto tráfego na sede deles. Essa mostra de artes serve como inspiração e homenagens aos grandes títulos da CD. Todos os meses eles devem selecionar oito peças e estas serão postadas juntamente com materiais atuais e passados.

O que chamou atenção logo de cara é que já tem uma arte enorme de Kain. Particularmente eu não gostei muito da imagem, mas existe essa “representatividade” acontecendo, e que não deve ser posta de lado.

Já em outubro, eles publicaram duas fan-arts: uma de Kain, outra de Raziel. Quando todos achavam que eles parariam por ai, publicaram uma arte promocional do primeiro Soul Reaver, de 1999. Além disso, publicaram estênceis para que as pessoas pudessem usar nas abóboras de Halloween.

Este ano a Crystal Dynamics comemora 25 anos de existência. Seria um absurdo obviamente deixar de lado jogos tão importantes. É importante manter os pés no chão e entender que TALVEZ tanto destaque acerca de Legacy of Kain seja mais por causa do aniversário da empresa e não por conta de um novo jogo ou remaster.

Ultimamente são muitas coisas surgindo sobre os jogos. Parece que o que estava adormecido, deu uma acordada, mas precisamos ser realistas, é bem improvável que eles estejam dando dicas de que um novo jogo esteja em desenvolvimento.

Fico na torcida e espero trazer mais notícias sobre Legacy of Kain em breve. Agradeço particularmente a Fernando Maglio e Lucas Terzi por terem me trazido a notícia do que estava acontecendo.

Posted in Sem categoria. Com as etiquetas