Explicações.

Não, isso não é um fantasma meu ou delírio seu. Sim, depois de mais de um ano, eis uma atualização do blog, mas já aviso e peço que nem espere nada demais. É mais um aviso: eu não abandonei meu tão amado blog. Neste período pós anúncio de Nosgoth e ano passado, muita coisa mudou. Eu desanimei com o jogo e ao mesmo tempo entrei num vortex de falta de tempo tão absurdo que deixei os jogos de lado, passei a praticar esportes depois do meu expediente de trabalho e eu casei.

Resumindo. Estou com falta de tempo. E de assunto. Não, eu não quero falar de Nosgoth. Até tentei jogar, consegui um Beta Key depois de algum tempo, mas eu ODEIO jogos de arena, multiplayer e free2play. O único jogo online multiplayer que me dei bem e curti foi Diablo III e olhe lá … Me enganei e acabei enganando vocês sobre o jogo. Estava bem animada, mas na verdade eu não queria deixar claro no blog meu descontentamento com a temática do jogo.

Andei procurando algumas pessoas que jogassem Nosgoth (e gostassem), além de ter tempo disponível de sobra para me ajudar com conteúdo (dedicado a Nosgoth) para o blog, mas acabei desistindo. Enquanto a Square (ou qualquer outra empresa) não lançar uma sequência de Legacy of Kain de verdade, o blog ficará assim, quase às moscas.

Eu ainda recebo alguns e-mails de contato. Juro que eu leio todos, mas é aquele desânimo: leio no celular, penso em responder depois e acabo deixando sem querer.

Na virada de 2015 uma das minhas promessas de ano novo era que eu voltaria a dar atenção ao blog. Estou nas redondezas sempre pensando nele. Não me abandone, porque eu não abandonei vocês.

Enfim.

Anúncios

Square Enix and Psyonix revelam Nosgoth

nosgoth_logo

PORRA !!! Até que não demorou como eu imaginava. Hoje a Square-Enix revelou finalmente Nosgoth, com direito a Trailer-Teaser e site. A recepção por parte dos fãs até que foi melhor do que eu esperava. Muitas pessoas no Twitter responderam positivamente, embora ainda haja quem relute.

Nosgoth se trata de um jogo multiplayer de batalha entre humanos e vampiros e estará disponível através da Steam, portanto a priore, somente para Windows – PC. Está sendo desenvolvido pela equipe da Psyonix e será possível jogá-lo gratuitamente (Free-to-Play).

nosgoth_imofc_01

O que realmente o torna único, porém, é a sua terceira pessoa que varia o gameplay de luta corpo a corpo. Os humanos da terra de Nosgoth utilizam um arsenal de armas devastadoras e equipamentos especializados, enquanto que os vampiros lutam de forma violenta com ataques viscerais impulsionados por suas habilidades não-humanas. Para ambos os lados, estratégia, comunicação e trabalho em equipe são fundamentais para o sucesso.

Com várias classes de cada lado e dezenas de itens para desbloquear, incluindo armas e habilidades, espera-se que os jogadores queiram construir uma seleção de personagens para escolher, assim tornando possível jogar no lado dos vampiros ou humanos.

O jogo ainda está em desenvolvimento e em breve será lançado um beta-fechado. É possível se inscrever para concorrer ao beta através do site. Nos próximos meses mais informações serão divulgadas e ainda não há data para o lançamento.

A Square e a Psyonix optaram por ser free-to-play (livre para jogar) porque desejam quebrar barreiras e permitir o máximo de pessoas possíveis jogando. Um dos objetivos principais foi criar uma experiência justa que não penalize os jogadores que não gastam dinheiro no jogo, já que Nosgoth não inclui itens, armas ou habilidades melhores quando comprados (também conhecidos como supremacy goods).

Eu me registrei para o Closed Beta. Agora é torcer para ser escolhida. Qualquer pessoa na verdade pode se registrar. É bom se cadastrar no site, na steam e ficar de olho. Na próxima segunda-feira a Square fará uma transmissão ao vivo no Twitch e responderá perguntas feitas no Twitter. Corey Davis, o diretor do jogo da Psyonix e Bill Beacheam, diretor de design da Square-Enix participarão. O melhor é que estarei de férias e poderei me dedicar a acompanhar, traduzir e postar as perguntas e respostas para vocês.  Enfim, estou feliz e animada !!!

.
http://nosgoth.com | http://nosgoth.com/blog | http://twitter.com/nosgoth | http://www.twitch.tv/nosgoth | http://www.youtube.com/nosgoth | http://www.facebook.com/nosgothofficial

Notícia oficial da Square-Enix (em inglês)
Notícia na UOL Jogos (em português)
Artigo no site Kotaku (em português)

Vídeos do Cancelado Dead Sun

Legacy-of-Kain-Gein

Palhaçada …

Novos vídeos do cancelado Dead Sun pipocaram hoje no site VG247. Novamente Mama Robotnik investigou e encontrou os vídeos abaixo. O site VG247 publicou como sendo gameplay e não tem nenhum gameplay abaixo. Pode-se notar que são vídeos da interface dos menus e provavelmente a introdução do game. Se você não sabe do que se tratava Dead Sun, pode ler aqui e aqui.

As notícias sobre o cancelamento de Legacy of Kain: Dead Sun foram um soco no estômago dos fãs de Legacy of Kain e desapontaram muito, mas muito mesmo; chega a doer. É foda ver mais materiais serem revelados. Tenho certeza que seria um game fodástico. Mas tudo bem, vamos superar. Só nos resta engolir a seco as novas imagens que foram divulgadas.

Matéria original em inglês: www.vg247.com

Curta: The Reaver @ Facebook
Siga-me: The Reaver @ Twitter
Steam Group: The Reaver @ Steam

O Caos Chamado Multiplayer

Raziel no Pacote de Personagens de Lara Croft and The Guardian of Light

Raziel no Pacote de Personagens de Lara Croft and The Guardian of Light
Quando as primeiras notícias sobre Lara Croft and The Guardian of Light começaram a surgir na internet em meados de 2010, o pânico se alastrou. Era uma aposta nova da Square-Enix que botava suas mãos na tão famosa série Tomb Raider (e talvez uma das séries mais rentáveis dentre os jogos existentes). A Square resolveu inovar com visão isométrica do jogo que até então era single-player com câmera em terceira pessoa (atrás da personagem). Junto com esta novidade, deram a opção Multiplayer. A comunidade veio abaixo.

O game é focado na ação cooperativa entre os dois protagonistas: Lara Croft e um Maia chamado Totec. As habilidades de cada um são distintas, e a interação entre elas é um elemento crucial para a resolução dos inúmeros desafios propostos através da aventura. Um bom exemplo é o arremesso de lanças na parede por parte de Totec para criar uma escada improvisada para Lara Croft.

Particularmente eu me interesso demais por Tomb Raider, mas este jogo em particular trouxe a novidade do pacote de expansão, ou mais conhecido como Character Pack, onde é possível trocar Lara Croft e Totec pelos personagens Raziel e Kain, além de Kane & Lynch de Dead Men e 2 Dog Days.

Desde a E3 no ano passado quando o novo Tomb Raider (Reborn) fora revelado, a notícia de que este seria também Multiplayer não agradou aos fãs, nem a mim. O reboot de Tomb Raider traria o jogo ao formato original e tão famoso, mas seria Multiplayer. Todos vociferaram internet afora e foi preciso esperar o jogo ficar pronto para entender o que era então o tal Multiplayer. É uma sessão a parte que não interfere em absolutamente nada no jogo. Acredito até que os fãs de Tomb Raider tenham ignorado essa opção, pois todas as vezes que tentei jogar online, esperei muito para que as “salas” reunissem um número mínimo de jogadores para iniciar uma partida e este número nunca era alcançado. Me perguntei se as pessoas não quiseram jogar online, se o número de pessoas com jogos originais era muito baixo no Brasil ou se foi só azar.

Quando Nosgoth foi confirmado por George Kelion à VG247, logo foi dito que este será Multiplayer o que aterrorizou os fãs. Não temos grandes informações do que isso significa, mas também não é o fim da linha. De repente pode ser como Lara Croft and The Guardian of Light ou Reborn. Ser Multiplayer não significa obrigatoriamente ter que jogar com outras pessoas. O próprio Diablo III podia ser jogado sozinho, eu cansei de jogar sozinha, adorava fazer as Quests sem ninguém na minha cola.

lcgol 2011-01-21 20-09-37-44

Raziel no Pacote de Personagens de Lara Croft and The Guardian of Light

Temos que dar uma chance ao jogo. Não será como gostaríamos, não trará Raziel e Kain e isso parece ser uma loucura. Se levarmos em conta o contexto sem estes dois personagens, o jeito é encarar Nosgoth como outro jogo qualquer; mas talvez abra a porta para outros jogos no futuro.

Se você não está a fim nem de arriscar, não precisa se dar ao trabalho de visitar o meu blog, porque não encontrará aqui o que você quer. Estou otimista quanto ao jogo e tudo o que será postado aqui é positivo quanto à Nosgoth e à equipe comandada por George Kelion.

Lara Croft and The Guardian of Light pode não ter sido um sucesso, mas é um jogo muito divertido, ainda mais se jogado com Raziel e Kain. Foi uma experiência interessante jogar com visão isométrica. Já Reborn é um jogo absurdamente fantástico e superou minhas expectativas, embora não tenha alcançado a meta de vendas da Square-Enix. É belíssimo, a jogabilidade é perfeita e a estória é muito boa. Certamente serviu como porta para outros jogos e convite para quem nunca se interessou pelos jogos. Isso pode bem acontecer com Nosgoth.

Vamos aguardar informações concretas sobre o jogo. Até o momento, tudo não passa de especulação. George Kelion não pode falar nada sobre o jogo e tem ocasionalmente respondido a perguntas no fórum da Eidos.

Enfim … No Drama and Don’t Panic (Sem Drama e Não Entre em Pânico).

Curta: The Reaver @ Facebook
Siga-me: The Reaver @ Twitter
Steam Group: The Reaver @ Steam

Apanhado Geral e Atualizações

Algumas atualizações, tendo em vista que assuntos relacionados a Nosgoth ficaram meio mornos nas últimas semanas. Eu tenho acompanhado o fórum da Eidos e reuni abaixo algumas informações do quebra-cabeça, só para esclarecer algumas coisas. Algumas são novidades, outras não. Vamos aos tópicos:

• Inspirado pelo universo de SR1
• Vai requerer conexão com a internet
• Será possível jogar com personagens vampiros e não-vampiros
• Os Hylden não estarão presentes no jogo.
• Nosgoth não será um MMORPG
• Nosgoth não será um RTS
• Nunca foi dito que Nosgoth será um MOBA.
• Nosgoth não se parecerá com DoTA2 ou League of Legends.

Vamos aguardar mais informações ;)

Curta: The Reaver @ Facebook
Siga-me: The Reaver @ Twitter
Steam Group: The Reaver @ Steam

Você está certo disto?

steam_top

Será que você leu o título pensando na voz do Silvio Santos? Hehehe. Enfim, tenho pensado demais em todas as pessoas que se manifestaram negativamente quanto a Nosgoth. Eu queria saber se você vai ter mesmo coragem de não jogá-lo, por não ter Kain e Raziel. Sim, é uma merda, mas você não vai dar nem uma chancezinha?

Pensando naqueles que tentarão jogar Nosgoth, nos que darão uma chance ao jogo, criei um grupo na Steam. Nem todos jogam no PC, mas a Steam é um bom meio para adquirir jogos originais e criar um grupo mais fechado para jogos multiplayer. Vamos criar um entrosamento até sair o jogo. Quem topa? Estou ligada que vão aparecer uns dois lá e mais ninguém, mas tudo bem …

http://steamcommunity.com/groups/thereaver

Curta: The Reaver @ Facebook
Siga-me: The Reaver @ Twitter

Ultimo Comentário Sobre Dead Sun

George fez um último e “final” comentário a respeito de Nosgoth x Dead Sun.

Muito foi dito e está sendo especulado desde ontem quando foi confirmado que a Square cancelou um projeto de Legacy of Kain em estágio avançado de desenvolvimento, nomeado então de Legacy of Kain: Dead Sun. George Kelion deixa claro que Nosgoth não foi “puxado” de Dead Sun e que está sendo desenvolvido por completo do zero. É um jogo diferente desde o início, é um jogo único. Nosgoth relaciona-se ao single-player quanto à direção de arte, mas se desenrola em um período do tempo diferente, com mecanismos, personagens, níveis e gameplay diferentes. Nunca foi dito que Nosgoth será apenas uma versão multiplayer de Dead-Sun em single-player.

George ressalta que mal pode esperar para mostrar tudo em que ele e sua equipe vêm trabalhando.

Enfim, aguarde próximos capítulos.

Curta: The Reaver @ Facebook
Siga-me: The Reaver @ Twitter